Menu
RSS

Em Cristalina, Tribunal do Júri condena dois homens por morte de mulher a facada e enxadada. Destaque

Em Cristalina, Tribunal do Júri condena dois homens por morte de mulher a facada e enxadada.

Em Cristalina, Tribunal do Júri condena dois homens por morte de mulher a facada e enxadada.

(Cristiani Honório/Assessoria de Comunicação Social do MP-GO – Foto: Ilustração /GW)

O Tribunal do Júri da comarca de Cristalina, em sessão realizada na terça-feira (2/8), condenou Limírio Bispo de Oliveira e Edmilson de Oliveira Gomes pelas crimes de homicídio em concurso de agentes, com as qualificadoras de motivo torpe e recurso que dificultou a defesa da vítima, além de ocultação de cadáver. Limírio foi condenado a 18 anos e 7 meses e Edmilson a 18 anos e 3 meses de reclusão, sendo negado a eles o direito de recorrerem em liberdade. Os dois estão presos desde a decretação da preventiva. A sessão, realizada na semana que marca o décimo ano da Lei Maria da Penha, foi presidida pelo juiz Carlos Arthur Ost Alencar, com acusação feita pelo promotor de Justiça Bruno Silva Domingos e durou cerca de dez horas.

O crime

Conforme a denúncia, o crime aconteceu por volta das 14h30, no dia 6 de fevereiro de 2013, em lugar ermo da zona rural de Cristalina. Nesse dia, Limírio, que era companheiro da vítima, Maria Margarida, a atraiu para uma fazenda com o pretexto de colher raízes e frutas no local. Junto com eles, também estavam a irmã de Limírio, Francisca Bispo de Oliveira, e seu companheiro Edmilson.

Os casais foram até o local, onde Maria Margarida foi golpeada com uma faca e morta com um golpe de enxada no crânio, provocando-lhe traumatismo cranioencefálico. Após a morte da vítima, que ocorreu por suspeita de que ela traía o companheiro, os réus ocultaram seu cadáver em uma cova rasa, cobrindo-a com terra.

Nessa mesma noite, Limírio e o cunhado Edmilson foram vistos bebendo juntos e abraçados por parentes, no Centro de Cristalina. Francisca, que foi denunciada por omissão de socorro, respondeu pelo crime em liberdade, mas morreu durante o andamento do processo. O crime ocorreu antes da entrada em vigor da Lei n° 13.104 /15 que instruiu a qualificadora do feminicídio.

Última modificação emSegunda, 08 Agosto 2016 22:23
voltar ao topo
Info for bonus Review William Hill here.