TPL_GK_LANG_MOBILE_MENU
A+ A A-

Deprecated: Non-static method Joomla\CMS\Application\SiteApplication::getMenu() should not be called statically, assuming $this from incompatible context in /home/gwcomuni/public_html/templates/gk_news/lib/framework/helper.layout.php on line 181

Deprecated: Non-static method Joomla\CMS\Application\CMSApplication::getMenu() should not be called statically, assuming $this from incompatible context in /home/gwcomuni/public_html/libraries/src/Application/SiteApplication.php on line 275

Prefeito Daniel do Sindicato reúne com segmento da agricultura e representantes da Secretaria de Desenvolvimento do Estado de Goiás. Destaque

Prefeito Daniel do Sindicato reúne com segmento da agricultura e representantes da Secretaria de Desenvolvimento do Estado de Goiás.

(Por:  Geovane José Leandro – RP 3237/GO)

Marcado por uma série de reivindicações do Prefeito Daniel Sabino Vaz  (PSB) e líderes do setor produtivo em Cristalina, o encontro com representantes da Secretaria de Desenvolvimento do Estado de Goiás - SED e membros da Universidade de Brasília / Coopa -DF, ocorrido na sexta (13/01) destacou-se  ao apresentar a real importância do município em relação ao agronegócio e geração de receitas econômicas para Goiás e o País.

Durante a reunião, Alécio Maróstica – Presidente do Sindicato Rural de Cristalina, enfatizou  em nome dos agricultores, maior apoio por parte do Governo do Estado, no tocante aos investimentos no agronegócio que brota dos solos de Cristalina. “Precisamos pensar a cidade para os próximos cinco, dez, vinte anos. E o desenvolvimento deste município passa pela agricultura, temos a potencialidade na geração de divisas econômicas e o Estado precisa oferecer a contrapartida. ” Afirmou o Presidente. Em seguida, foi a vez de Renato Caetano, Engenheiro Agrônomo e representante da Associação dos Irrigantes do Estado de Goiás – Irrigo -, explanar os pontos primordiais, necessários para o desenvolvimento do setor do agronegócio em Cristalina. Segundo Caetano, faz-se necessário estabelecer parceria concreta entre Município e Estado, visando a recuperação imediata da GO 436, principal ponto de escoação agrícola, ligando o sul e o nordeste do país. “__Hoje, trafegam pela rodovia, cerca de 6 mil veículos por dia, sendo em sua maioria, caminhões e carretas utilizadas no transporte de grãos”, afirmou o Engenheiro. Outro ponto significativo segundo Caetano, é a possibilidade de investimentos para a pavimentação dos 35 kms que ligam Cristalina à ponte interestadual na divisa de Goiás com Minas Gerais, (entrada do posto JK, sentido ao Rio São Marcos, divisa com  Unaí). Tese reforçada também nas palavras do agricultor Luiz Figueiredo.

Faltou apoio  

Ressaltando que até o final do ano passado, o setor da agricultura em Cristalina não pôde contar com o apoio voltado para políticas de desenvolvimento do setor – “Tivemos uma administração que não possuía espaço para o agronegócio. No entanto, a partir de agora, precisamos mudar este cenário, precisamos investir verdadeiramente no agronegócio. Cristalina é um dos municípios de destaque na agricultura  do Estado de Goiás.” Disse o Vice-Presidente do Sindicato Rural Nilson Fogolin.  Outro ponto essencial discutido durante o encontro dos produtores rurais, Prefeitura de Cristalina e Secretaria de Desenvolvimento, foi a busca de soluções em relação à cobrança de pedágio na BR 040, bem como as dificuldades deparadas pelos agricultores e comunidade em geral, em relação à falta de retornos na rodovia que liga Cristalina a Luziânia. Para Luiz Figueiredo, é preciso, já de imediato, estabelecer uma comissão para que juntos, possam ir aos órgãos responsáveis  e concessionária que administra a cobrança do pedágio, exigindo ao menos, um tratamento diferenciado quanto ao pagamento da taxa de pedágio, aos cristalinenses que às vezes trafegam pela rodovia até três, quatro vezes por dia. Temos que pensar na comunidade, do pequeno ao grande produtor, que tem pagado um preço alto, para cortar às vezes, apenas 16 kms entre a cidade e sua propriedade rural. Outra solicitação veio do também agricultor, Josino da Veiga Antunes. Para ele, tem sido difícil investir na agricultura da região, haja vista por exemplo, o produtor rural ter que trafegar por até 22 kms, em busca de um retorno na BR 040. “__ Precisamos buscar uma solução, pensando em todos os segmentos que utilizam esta rodovia.” Afirmou Antunes.   

Escolas na zona rural – melhor qualidade na aprendizagem dos alunos

Outro ponto importante,  abordado pelo Prefeito Daniel Sabino Vaz –“Daniel do Sindicato” diz respeito às condições que enfrentam atualmente, os alunos da zona rural quanto ao transporte, e por consequência à qualidade na aprendizagem destas crianças. Para o Prefeito, este é o momento de repensar tal modalidade. Para tanto, nosso projeto é investir em unidades escolares nas regiões próximas às residências destes alunos. “Não se pode conceber a ideia de um aluno sair de casa às 4:00 horas da manhã e chegar às 14:00, e ainda exigir que esta criança tenha uma aprendizagem de qualidade. Por outro lado, precisamos pensar também no quesito redução de gastos. Hoje, trabalhamos com um total de 80 linhas de ônibus e um investimento mensal de 600 mil reais”, afirmou Daniel.  A proposta agradou aos representantes do agronegócio presentes no encontro, algo confirmado  pelo agricultor Luiz Figueiredo, que destacou já ter pensado também em tal ideia. Também dentro deste tópico, Daniel do Sindicato reforçou a necessidade e o compromisso em recuperar as estradas vicinais do município. Algo inviabilizado nestes  primeiros dias de gestão, em decorrência do péssimo estado das máquinas encontradas no pátio da garagem da Prefeitura. Mas que tão logo sejam consertadas, serão colocadas no serviço de manutenção das estradas.  

Mais solicitações

De volta à lista de pedidos dos agricultores aos representantes do Governo do Estado, Renato Caetano reforçou a necessidade de investimentos no sistema de drenagem do solo em Cristalina. Para o Engenheiro, o fato cidade possuir um solo permeado por água e com poucas galerias pluviais, dificulta os investimentos, seja na zona rural ou urbana. Outro destaque do segmento agrícola durante o encontro, tratou da efetiva criação de um Distrito Industrial no município. “Até tivemos uma prévia durante a gestão anterior.  Porém, não saiu do papel. Cristalina é hoje um polo produtor de diversas culturas, contamos desde a fruticultura, com a produção de uvas e pêssegos, passando pelo trabalho do pequeno produtor com a produção de leite, ao topo da agricultura irrigada de grãos”. Destacaram os produtores. Por fim, lançaram mão do pedido de parcerias entre o Estado de Goiás e o Município, no que diz respeito à regularização fundiária das propriedades presentes em Cristalina.   

Agenda positiva junto ao Governo Estadual

Diante das reivindicações ouvidas, os representantes da Secretaria de Desenvolvimento -SED,  em parceria com os técnicos da Universidade de Brasília / Coopa – DF demonstraram interesse em intermediar uma agenda positiva junto ao Governo Estadual. De acordo com a SED, o fato de o encontro representar diversas demandas, o que consequentemente caberá buscar soluções em quase todas as pastas do Executivo Estadual, ou seja, em órgãos como SECIMA, AGETOP, CODEGO, dentre outros. O que representará  fundamental importância frente às demandas de Cristalina. Para tanto, a Secretaria de Desenvolvimento se comprometeu estabelecer o vínculo entre Prefeitura, Produtores rurais e o Governo do Estado. No entanto, destacou a necessidade de elaborar um projeto consistente para apresentação junto ao Governador Marconi Perillo. E caso o Estado não possua recursos cabíveis para atender a todas as demandas, possam buscar respaldo nas instituições da esfera federal.  

Última modificação emTerça, 17 Janeiro 2017 16:19
voltar ao topo
Info for bonus Review William Hill here.