Menu
RSS

Lúcia Vânia volta a criticar a base veladamente Destaque

Lúcia Vânia volta a criticar a base veladamente

Lúcia Vânia volta a criticar a base veladamente

Em entrevista para rádio 730 AM, senadora critica base aliada

A senadora Lúcia Vânia (PSB) se indispôs novamente com a base aliada durante o programa “Primeiro Tempo da Notícia”, da rádio 730 AM, na manhã desta quinta-feira, 2/3.

O programa é comandado pelos jornalistas Eduardo Horácio e Rubens Salomão.

A parlamentar defendeu o legado da filha Ana Carla Abrão, ex-secretária da Fazenda, e criticou a proposta do Governo de Goiás criar uma Secretaria de Habitação.

Lúcia Vânia disse que soube pelos jornais o interesse da administração pública. Para Lúcia, em um momento de crise, jamais aceitaria um cargo criado para gerar despesas.

A senadora tem antecipado os debates eleitorais de 2018, pois pretende disputar  as eleições ao Senado ou ao Governo de Goiás.

Por sua vez, o governador Marconi e os demais integrantes da base optaram em seguir com a agenda administrativa em vez de adiantar o debate eleitoral.

A senadora disse que o sistema eleitoral atual é injusto e necessita de uma reforma. Ela cogitou inclusive que não seria candidata ao governo no atual modelo.  Lúcia criticou o sistema em que um governador, sem se descompatibilizar, possa concorrer à reeleição – o que possivelmente ocorrerá com José Eliton, em 2018.

Outra indireta da parlamentar se refere ao fato de políticos viajarem constantemente para o exterior. “Estou trabalhando não fico viajando para o exterior”, disse a senadora para a rádio. (As informações são do DM)

Lúcia Vânia volta a criticar a base veladamente

Em entrevista para rádio 730 AM, senadora critica base aliada

A senadora Lúcia Vânia (PSB) se indispôs novamente com a base aliada durante o programa “Primeiro Tempo da Notícia”, da rádio 730 AM, na manhã desta quinta-feira, 2/3.

O programa é comandado pelos jornalistas Eduardo Horácio e Rubens Salomão.

A parlamentar defendeu o legado da filha Ana Carla Abrão, ex-secretária da Fazenda, e criticou a proposta do Governo de Goiás criar uma Secretaria de Habitação.

Lúcia Vânia disse que soube pelos jornais o interesse da administração pública. Para Lúcia, em um momento de crise, jamais aceitaria um cargo criado para gerar despesas.

A senadora tem antecipado os debates eleitorais de 2018, pois pretende disputar  as eleições ao Senado ou ao Governo de Goiás.

Por sua vez, o governador Marconi e os demais integrantes da base optaram em seguir com a agenda administrativa em vez de adiantar o debate eleitoral.

A senadora disse que o sistema eleitoral atual é injusto e necessita de uma reforma. Ela cogitou inclusive que não seria candidata ao governo no atual modelo.  Lúcia criticou o sistema em que um governador, sem se descompatibilizar, possa concorrer à reeleição – o que possivelmente ocorrerá com José Eliton, em 2018.

Outra indireta da parlamentar se refere ao fato de políticos viajarem constantemente para o exterior. “Estou trabalhando não fico viajando para o exterior”, disse a senadora para a rádio. (As informações são do DM)

 

Última modificação emQuinta, 02 Março 2017 22:57
voltar ao topo
Info for bonus Review William Hill here.