TPL_GK_LANG_MOBILE_MENU
A+ A A-

Deprecated: Non-static method Joomla\CMS\Application\SiteApplication::getMenu() should not be called statically, assuming $this from incompatible context in /home/gwcomuni/public_html/templates/gk_news/lib/framework/helper.layout.php on line 181

Deprecated: Non-static method Joomla\CMS\Application\CMSApplication::getMenu() should not be called statically, assuming $this from incompatible context in /home/gwcomuni/public_html/libraries/src/Application/SiteApplication.php on line 275

Confirmado: dois novos bebês estão com bactéria multirresistente colonizada Destaque

Confirmado: dois novos bebês estão com bactéria multirresistente colonizada

 

As crianças estavam internadas no Hospital Materno Infantil de Brasília (Hmib). Esses são o terceiro caso só nesta semana. No primeiro a criança morreu na madrugada de segunda-feira (6/3). Outras duas mortes seguem em investigação

Mais dois bebês internados no Hospital Materno Infantil de Brasília (Hmib) estão com a bactéria multirresistente chamada Serratia colonizada. A confirmação é da Secretaria de Saúde do Distrito Federal. Os novos diagnósticos de colonização ocorreram na quinta (9/3) e sexta-feira (10/3). O paciente que foi reconhecido com a bactéria na quinta já estava com uma cirurgia marcada no Instituto de Cardiologia do DF e seguiu transferido para a unidade. O segundo, cujo caso foi confirmado na sexta, segue isolado no Hmib com quadro clínico estável.

Esses são o terceiro caso só nesta semana. No primeiro a criança morreu. O óbito foi constatado na madrugada de segunda-feira (6/3). Inicialmente estava confirmado, apenas, que ela tinha a bactéria colonizada. Depois a Secretaria de Saúde do DF confirmou a infecção. Outras duas mortes seguem em investigação: um dos casos é suspeito.

Para evitar novas ocorrências, a direção do hospital restringiu internações, separou equipes para atender aos bebês isolados e redirecionou partos para outras unidades de saúde. Além disso, a Superintendência da Região de Saúde Centro-Sul reduziu o atendimento no centro obstétrico do Hmib. 

Pelo menos até domingo (12/3) só serão atendidos casos em que os partos já estão previstos e nas circunstâncias de a paciente apresentar sangramento, período expulsivo e abortamentos. No entanto, as demandas emergenciais, inclusive aquelas que precisarem de cirurgia, também estão mantidas.

Os demais casos de baixo risco serão direcionados para os hospitais do Paranoá, Asa Norte e Samambaia. Já os de alto risco vão ser atendidos nos hospitais de Taguatinga e Samambaia, além do Hospital Universitário de Brasília (HUB) – [As informações e foto são do CorreioWeb / GW)

voltar ao topo
Info for bonus Review William Hill here.