TPL_GK_LANG_MOBILE_MENU
A+ A A-

Deprecated: Non-static method Joomla\CMS\Application\SiteApplication::getMenu() should not be called statically, assuming $this from incompatible context in /home/gwcomuni/public_html/templates/gk_news/lib/framework/helper.layout.php on line 181

Deprecated: Non-static method Joomla\CMS\Application\CMSApplication::getMenu() should not be called statically, assuming $this from incompatible context in /home/gwcomuni/public_html/libraries/src/Application/SiteApplication.php on line 275

Sai edital do concurso dos Bombeiros de Goiás Destaque

Sai edital do concurso dos Bombeiros de Goiás

O edital 006/16  com as normas do concurso para os cargos de Soldado e de Cadete do Corpo de Bombeiros Militar, da Secretaria de Segurança Pública e Administração Penitenciária, foi publicado no Diário Oficial do Estado na edição de número 22.416, que está circulando nesta terça-feira (27/09).

São oferecidas 290 vagas, sendo 250 para o cargo de Soldado de 3ª Classe com salário de R$ 1.500,00, e 40 vagas para Cadete com o subsídio R$ 5.401,43. As provas objetivas serão realizadas nos dia 4 de dezembro, para Cadete, e no dia 11 de dezembro, para Soldado de 3ª Classe.

A Secretaria de Gestão e Planejamento (Segplan), por meio da Escola de Governo Henrique Santillo, informa que as inscrições serão feitas no período de 3 de outubro a 7 de novembro próximo, via internet, no site da Funrio  . O valor da taxa de inscrição está fixado em R$ 110,00 para os candidatos ao cargo de Soldado de 3ª Classe e de R$ 140,00 para o de Cadete. O pagamento da taxa, que confirma a inscrição, poderá ser feita até o dia 8 de novembro. O resultado final do concurso, com a divulgação dos aprovados, está previsto para o dia 20 de abril de 2017.

A seleção dos candidatos, para os dois cargos será realizada através de provas objetiva e discursiva, teste de avaliação física, avaliação médica e avaliação da vida pregressa e investigação social. Para obter mais informações ou esclarecer as dúvidas, os candidatos deverão ler o edital na íntegra, no site www.portaldoservidor.go.gov.br – (Redação com informações da Segplan / GW)

Leia mais ...

Prefeitura de Cristalina libera edital de concurso público Destaque

Prefeitura de Cristalina libera edital de concurso público

O tão esperado edital do concurso público para preenchimento de vagas na Secretaria Municipal de Educação foi finalmente publicado. Visando atender a demanda de profissionais para as séries iniciais do Ensino Fundamental, o certame conta com 70  vagas para Professores – Pedagogos, sendo estas, distribuídas entre a zona urbana e rural.  Já  para os profissionais de áreas específicas, apenas 04 vagas para Professores de Educação Física. Para os profissionais de apoio educacional, vagas para Psicólogos, Nutricionista, Fisioterapeutas e Fonoaudiólogos.

Para disputar, o candidato terá o prazo que corresponde do dia 08 de setembro a 09 de outubro para se inscrever. Já a previsão de realização das provas consta do dia 20 de novembro.

Em relação às demais áreas da Administração, um outro edital específico será divulgado em breve.

Todas as informações podem ser obtidas pelo site da organizadora – www.ibe.org.br ou no site da Prefeitura de Cristalina – www.cristalina.go.gov.br, leia o edital na íntegra em: http://www.cristalina.go.gov.br/site/cristalina_noticias.php?tla=2&cod=1318#.V9CMhpgrLIU (GW)

Leia mais ...

PM GO – Edital será publicado nesta terça-feira (06) Destaque

PM GO – Edital será publicado nesta terça-feira (06)

A Secretaria de Gestão e Planejamento (Segplan), por meio da Escola de Governo Henrique Santillo, publicará no Diário Oficial do Estado, na próxima terça-feira (06/09), o edital 005/2016 que especifica as normas do concurso para a Polícia Militar da Secretaria de Segurança Pública e Administração Penitenciária do Estado de Goiás.

Serão ofertadas 2.500 vagas, sendo 2.420 para a contratação de Soldado de 3ª Classe e 80 vagas para o cargo de Cadete. A carga horária será de 42 horas semanais. As remunerações iniciais são de R$ 1.500,00 para Soldado de 3ª Classe e de R$ 5.401,43 para Cadete.

As inscrições serão feitas, via internet, pelo site www.funrio.org.br. O valor da taxa de inscrição será de R$ 110,00 para o cargo de Soldado de 3ª Classe e de R$ 140,00 para o cargo de Cadete, e estarão abertas do dia 14 de setembro de 2016 até o dia 06 de novembro de 2016. Os inscritos terão até o dia 09 de novembro de 2016 para efetuar o pagamento da respectiva taxa.

A seleção dos candidatos, para os dois cargos, será realizada através de prova objetiva e discursiva, teste de avaliação física, avaliação médica e psicológica e avaliação da vida pregressa e investigação social. As provas objetivas estão previstas para 15 de janeiro (soldado) e 22 de janeiro (cadete) de 2017.

Para obter mais informações ou esclarecer dúvida, os candidatos deverão ler o edital na íntegra, que será divulgado no site:www.segplan.go.gov.br/concursos.

Segurança

Além do concurso para a Polícia Militar, outros certames focados na Segurança Pública estão em andamento em Goiás. Na última quarta-feira (28/8) terminou o prazo de inscrições para a seleção de agentes e escrivães da Polícia Civil. Os candidatos que ainda não efetuaram o pagamento do boleto têm até o dia 20 de setembro para fazê-lo. Também estão previstos concursos para delegado da Polícia Civil, Corpo de Bombeiros e Procon.

Fonte:  Comunicação Setorial – Segplan/ Foto: Ilustração / GW

Leia mais ...

Prefeitura de Cristalina publica extrato do edital de concurso público Destaque

Prefeitura de Cristalina publica extrato do edital de concurso público

O certame será dividido em duas partes, o primeiro edital será exclusivo para a Educação. Já o segundo, a ser publicado em no máximo 10 dias após o primeiro, abrangerá as demais vagas presentes na administração pública municipal. A afirmação é da Presidente da Comissão de Concursos, Sandra Aparecida da Silva – “Sandra Contadora.” 

Ainda de acordo com a Presidente, os aprovados para a área da Educação, terão seus nomes homologados o mais breve possível  e estarão em exercício já no início do próximo semestre letivo. Já os aprovados nas demais áreas, terão a homologação até o final de 2016.

Leia a seguir, o extrato na íntegra, já publicado no site da banca examinadora – IBEG.

 

Opinião do editor-chefe

Passaram-se longos meses de espera, para enfim, sair-se do jejum dos tão esperados editais de concurso público da Prefeitura de Cristalina. O GW vem a público, parabenizar a profissional Sandra Contadora, que com imensa competência, ao ser designada pelo Chefe do Poder Executivo, conseguiu em menos de 15 dias, deslanchar algo que se arrolava por um ano. Parabéns, Sandra Aparecida da Silva – “Sandra Contadora”

Leia mais ...

Comarca de Cristalina seleciona assistente administrativo Destaque

Comarca de Cristalina seleciona assistente administrativo

Está aberta seleção de assistente administrativo para atuar na comarca de Cristalina. Como requisito, é necessário ser bacharel em Direito e possuir experiência em rotina de gabinete. O processo seletivo terá como etapas a seleção de currículos, entrevistas e teste. Os interessados deverão encaminhar  currículo até 6 de setembro para Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.. (Texto: Érica Reis Jeffery / TJGO)

Leia mais ...

Divulgado novo edital para concurso da Polícia Militar de MG Destaque

Divulgado novo edital para concurso da Polícia Militar de MG

(Da redação – GW)

Foi divulgado o edital de abertura do concurso público da Polícia Militar do Estado de Minas Gerais (PM-MG). São oportunidades para ambos os sexos, com inicial de até R$ 3,2 mil. As provas acontecerão no dia 8 de janeiro de 2017, das 08h30min às 12h30min, sendo aplicadas em Belo Horizonte, Pouso Alegre e Poços de Caldas.

Os candidatos terão que resolver 40 questões de múltipla escolha, distribuídas pelas disciplinas de Língua Portuguesa, Direito Penal, Direito Constitucional, Noções de Direito Penal Militar, Noções de Estatísticas, Direitos Humanos e Legislação Extravagante. A prova objetiva terá valor de 100 (cem) pontos e será elaborada com questões de múltipla escolha, contendo cada questão 04 (quatro) alternativas de resposta, devendo ser marcada apenas 01 (uma) delas, no valor de 2,5 (dois e meio) pontos cada questão.

Os interessados deverão se inscrever entre 21 de outubro e 19 de novembro, no site da PM-MG. A taxa custa e R$ 122,95. Os pedidos de isenção são destinados aos candidatos que por limitação financeira não puderem arcar com o pagamento das taxas e devem ser feitos nos dias 24 e 25 de outubro. A comprovação será feita através de declaração própria que apresente situação de baixa renda, junto com cópia da carteira de trabalho. A análise dos pedidos aceitos será divulgada no dia 9 de novembro.

Para participar é preciso ter o nível superior completo; ser brasileiro; estar quite com as obrigações eleitorais e militares; ter entre 18 (dezoito) e 30 (trinta) anos de idade na data da inclusão, prevista para o dia 03 de julho de 2017; possuir idoneidade moral; ter altura mínima de 1,60, sanidade física e mental, aptidão física; ser aprovado em avaliação psicológica; e não apresentar tatuagem visível quando em uso dos diversos uniformes da Polícia Militar.

O vencimento inicial oferecido será de R$ 3.278,74 mensais, para carga horária de 40 horas semanais. O regime de contratação é o estatutário, uma ótima oportunidade para quem deseja conquistar a estabilidade.

As vagas são remanescentes do concurso realizado ano passado e serão preenchidas na região metropolitana de Belo Horizonte, além das Regiões do Interior do Estado (17ª e 18ª RPM), que compreendem os municípios de Pouso Alegre e Poços de Caldas. A organização ficará a cargo do Centro de Recrutamento e Seleção do órgão – CRS.

O concurso tem validade de 30 (trinta) dias, podendo ser prorrogado uma única vez.

Todos os detalhes do certame, você pode acompanha pelo site da Polícia Militar de Minas Gerais - https://www.policiamilitar.mg.gov.br/portal-pm/crs/principal.action.

Leia mais ...

Segplan abre prazo de inscrições em concurso para Polícia Civil Destaque

Segplan abre prazo de inscrições em concurso para Polícia Civil

A Secretaria de Estado de Gestão e Planejamento (Segplan) do Governo do Estado de Goiás abrirá, nestaquinta-feira (11/8), as inscrições para o concurso público que visa ao preenchimento de 500 vagas do Quadro de Pessoal da Polícia Civil do Estado de Goiás (PCGO). As oportunidades são distribuídas entre os cargos de Agente de Polícia Substituto e de Escrivão de Polícia Substituto.

Os candidatos deverão realizar a inscrição pelo endereço eletrônico www.cespe.unb.br/concursos/pc_go_16, entre os dias 11 e 31 de agosto. A taxa de participação é R$ 110,00, para ambos os cargos.

As 280 chances de Agente de Polícia Substituto exigem diploma ou certificado de nível superior em qualquer área de formação e carteira nacional de habilitação, no mínimo, categoria B. O cargo oferece subsídio de R$ 1.500,00, para uma jornada de 40 horas semanais.

Já para o cargo de Escrivão de Polícia Substituto, com 220 vagas, os candidatos devem possuir diploma ou certificado de nível superior em qualquer área de formação. O subsídio é R$ 1.500,00 e a jornada de trabalho, de 40 horas semanais.

O certameterá fases de provas objetivas, prova discursiva, avaliação médica, avaliação de aptidão física, exame psicotécnico e avaliação de vida pregressa e investigação social. Haverá, ainda, prova prática de digitação somente para o cargo de Escrivão.

As provas objetivas e a prova discursiva da seleção estão previstas para 16 de outubro. Todas as fases e a perícia médica dos candidatos que se declararem com deficiência serão realizadas em Goiânia (GO).

Serviço:
Concurso:
 Secretaria de Estado de Gestão e Planejamento (Segplan) do Governo do Estado de Goiás – Polícia Civil do Estado de Goiás
Cargos: Agente de Polícia Substituto e Escrivão de Polícia Substituto
Subsídios: R$ 1.500,00
Vagas: 500
Inscrições: entre os dias 11 e 31 de agosto
Taxa: R$ 110,00 (para ambos os cargos)
Provas objetivas e prova discursiva: 16 de outubro

Contato:

Outras informações no site www.cespe.unb.br/concursos/pc_go_16 ou na Central de Atendimento do Cespe, desegundaasexta, das 7h30 às 20h30 – Campus Universitário Darcy Ribeiro, Sede do Cespe –(61) 3448 0100. (Texto – PCGO / Foto: Reprodução – GW)

Leia mais ...

Justiça obriga Governo de Goiás a convocar concursados da PM Destaque

Justiça obriga Governo de Goiás a convocar concursados da PM

 

(Redação – TJ GO / O Popular / GW – Foto: Divulgação pública)

O magistrado entende que o valor despendido hoje com os efetivos é inferior ao que era utilizado para pagar o Simve. O Estado de Goiás terá de convocar novos concursados da Polícia Militar, até equiparar o valor que era gasto durante o ano passado com os soldados temporários. A decisão, em sede de liminar, é do juiz Ricardo Prata, da 2ª Vara da Fazenda Pública Estadual. Dessa forma, o magistrado entendeu que foi nomeado um contingente menor que o necessário para manter a segurança pública.

O juiz lembrou, também, que em 12 maio de 2015, o desembargador Gerson Santana Cintra ordenou a convocação do quantitativo de aprovados no concurso da PM, de modo que o valor dos vencimentos fosse correspondente ao mantido na época com o subsídio dos temporários. Para chegar à conclusão da necessidade de novos chamamentos de policiais, Ricardo Prata analisou uma tabela comparativa em relação às despesas do antigo pessoal com as dos concursados, com base nos quatro primeiros meses deste ano e do anterior. Os vencimentos do antigo Simve atingiram, no total, R$ 14,873 milhões, enquanto os dos efetivos, R$ 12,104 milhões, resultando numa diferença de receita de R$ 2,769 milhões.

No mês de maio de 2016, data da decisão do desembargador, remanesceu R$ 858 milhões, em relação ao mesmo mês de 2015. “Assim, o senhor governador do Estado não cumpriu o determinado na decisão proferida”, frisou o juiz na decisão.

Resposta

Por meio de nota, o Governo de Goiás afirma que aguarda a notificação oficial para definir, via Procuradoria-Geral do Estado, se recorrerá ou não da decisão sobre o concurso público em questão. O Governo diz que vem cumprindo as determinações da Justiça relativas ao concurso e que já incorporou aos quadros da Polícia Militar boa parte do cadastro de candidatos excedentes ao resultado e aos termos de ajustamento de conduta firmados com o Ministério Público de Goiás para ampliação do Cadastro de Reserva.

Segurança Pública

A relação do quantitativo de policiais e a segurança pública foi, também, endossada por Ricardo Prata. “A omissão do Chefe Executivo Estadual em não convocar a quantidade de policiais como determinado contribuiu, sem dúvida, para o aumento dos crimes, visto que logicamente quando há menos policiais nas ruas, os meliantes se sentem mais à vontade e buscam a prática delituosa”, afirmou.

O magistrado destacou que a decisão é uma forma de o Poder Judiciário ter de se posicionar exaustivamente na tentativa de amenizar o aumento diário da criminalidade. “A segurança pública é mais do que uma necessidade permanente e o devedor (Estado) deveria considerá-la como essencial, em dever imposto pelo artigo 144 da Constituição Federal”.

Ricardo Prata completou que “a quantidade de policiais militares goianos está estagnada há décadas, se contraposto ao crescimento populacional expressivo que ocorreu no Estado. Portanto, é público e notório que há vários anos a administração goiana deixou de cumprir o dever constitucional, já que sequer procurou manter uma correspondência proporcional entre o efetivo policial e o número de habitantes do Estado”.

Na decisão, o magistrado observou que a Lei Estadual nº 17.866/12 estabeleceu numerário “pífio” em comparação aos quase 6,5 milhões de habitantes em Goiás. “Assim, a disparidade permaneceu gritante por muitos anos. A perpetuação do descaso estatal é a causa fundamental para a presente situação de violência e criminalidade exorbitantes, a ponto, inclusive, de superar o Estado do Rio de Janeiro, que possui inúmeras favelas e comandos criminosos já conhecidos pelos brasileiros”.

Leia mais ...
Info for bonus Review William Hill here.