TPL_GK_LANG_MOBILE_MENU
A+ A A-

Deprecated: Non-static method Joomla\CMS\Application\SiteApplication::getMenu() should not be called statically, assuming $this from incompatible context in /home/gwcomuni/public_html/templates/gk_news/lib/framework/helper.layout.php on line 181

Deprecated: Non-static method Joomla\CMS\Application\CMSApplication::getMenu() should not be called statically, assuming $this from incompatible context in /home/gwcomuni/public_html/libraries/src/Application/SiteApplication.php on line 275

Colégio Público - Furto e vandalismo ao patrimônio público Destaque

Colégio Público - Furto e vandalismo ao patrimônio público

Em 06 meses, meliantes levam o equivalente a 30 mil reais de escola pública do Distrito de Domiciano Ribeiro, em Ipameri – GO.

Os meses de férias para o Colégio Estadual Rodolfo Braz de Queiroz é sinônimo de prejuízo para os 500 alunos matriculados na Unidade Escolar. Tudo porque, de julho 2016 a janeiro de 2017, a escola contabilizou um prejuízo estimado em aproximadamente 30 mil reais, em decorrência de furtos no colégio.

Da primeira entrada dos marginais na escola, estes levaram todos os equipamentos adquiridos para implantação do Projeto Rádio-escola, equipamentos os quais foram adquiridos  com recursos do Programa Mais Educação – Escola Integral e parcerias com empresários, cujos realizaram doações para aquisição da aparelhagem.

Não satisfeitos com o prejuízo ocasionado da primeira vez, bandidos adentram novamente. Agora, no final do mês de dezembro. Momento em que arrombaram todas as fechaduras e portas, levando aparelhos de som portáteis, televisão, caixas de som amplificadas, ventiladores e muitos outros aparelhos de uso da instituição educacional.

Persistentes, retornaram na noite de segunda para terça (03/01), raspando o que havia sobrado. Sendo que desta vez, deram uma esticadinha até a cozinha. Surrupiando de lá, botijões de gás e utensílios domésticos.

Providências

A Unidade Educacional conta com apenas um servidor para realizar os serviços de vigilância, trabalhando apenas em dias alternados. Sabendo disso, os meliantes aproveitam da oportunidade para realizarem os inúmeros furtos.

Por inúmeras vezes, a Direção da Unidade de Ensino buscou contato via ofício e  solicitações verbais à Secretaria de Estado da Educação, Cultura e Esporte – SEDUCE, solicitando outro profissional de vigilância para que possa preservar a segurança no local. Resultado, nenhuma providência tomada, uma vez que a alegação da SEDUCE consiste em informar que encontra-se em total redução de despesas, evitando contratos temporários e que aguarda a implantação da gestão compartilhada junto as OSs, para que uma solução possa ser apresentada. Enquanto isso, bandidos continuam dando prejuízo aos alunos e comunidade escolar.   

Em todos os casos, ocorrências foram registradas na Polícia Civil de Cristalina, sendo que da época do primeiro furto, compareceram ao local para perícia, não dando nenhuma resposta até o fechamento desta reportagem. Das últimas duas ocorrências, os fatos foram simplesmente registrados, não tendo nenhum posicionamento da referida Polícia.

Ainda de acordo com testemunhas que residem nas imediações do Colégio, quando da penúltima ocorrência de furtos, a Polícia Militar foi acionada por inúmeras vezes para pudesse se deslocar até local. Sem sucesso, uma vez que não compareceram. Vizinhos da escola informaram à nova diretora da unidade, que possuem imagens do sistema de segurança que podem identificar os meliantes. (GW) 

Última modificação emSexta, 06 Janeiro 2017 13:26
voltar ao topo
Info for bonus Review William Hill here.