TPL_GK_LANG_MOBILE_MENU
A+ A A-

Deprecated: Non-static method Joomla\CMS\Application\SiteApplication::getMenu() should not be called statically, assuming $this from incompatible context in /home/gwcomuni/public_html/templates/gk_news/lib/framework/helper.layout.php on line 181

Deprecated: Non-static method Joomla\CMS\Application\CMSApplication::getMenu() should not be called statically, assuming $this from incompatible context in /home/gwcomuni/public_html/libraries/src/Application/SiteApplication.php on line 275

Homem passa por cirurgias para remover 40 facas no estômago Destaque

Homem passa por cirurgias para remover 40 facas no estômago

Médicos removeram 40 facas de dentro do estômago de um homem, na Índia. Segundo os cirurgiões, o sujeito passou dois meses engolindo os artefatos.

Em entrevista àCNN, o médico Jatinder Malhotra afirmou que o homem tinha um "desejo selvagem de consumir metais" e que se deparar com um caso desses foi assustador.

"Nós estávamos nervosos já que um pequeno erro poderia tirar a vida do paciente. Em 20 anos de prática, nunca tinha visto nada parecido", disse Malhotra à CNN.

A equipe médica levou dois dias para bolar um plano para a cirurgia. A operação durou cinco horas no total. Dentro do estômago do sujeito, foram encontradas facas dobráveis que, quando abertas, chegavam a 17 centímetros de comprimento.

O paciente é um homem de 42 anos de idade que não quis ter a identidade revelada. À CNN, o sujeito afirmou estar se sentindo melhor e se disse grato aos médicos e funcionários do hospital. Ele está fora de perigo, mas só deve receber alta com o aval de psiquiatras.

O homem afirma que não sabe porque começou a engolir facas. "Gostei do sabor e me viciei. Assim como pessoas se viciam em álcool e outras coisas, minha situação foi essa", disse à CNN.

Os médicos desconfiam que o paciente sofra de um transtorno mental raro. Por isso, ele segue sob supervisão da equipe psiquiátrica. (Redação – UOL / GW)

Última modificação emTerça, 23 Agosto 2016 16:35
voltar ao topo
Info for bonus Review William Hill here.